Homenagem ao Servidor de Itabuna-BA


Com um ponto facultativo decretado para esta quarta-feira (28), os servidores públicos municipais de Itabuna terão um dia dedicado ao lazer e à comemoração. O Dia do Servidor será festejado a partir das 8 horas da manhã, com um torneio de futsal entre funcionários, na Vila Olímpica e, a partir das 14 horas, com festa na sede da União dos Servidores do Município de Itabuna (Usemi). Haverá sorteio de prêmios e apresentação de bandas, que vão atuar gratuitamente, atendendo à solicitação do presidente da Usemi, José Inácio Damasceno.

O prefeito Capitão Azevedo divulgou uma mensagem, na qual reconhece o valor dos servidores “dedicados, honrados, que suam a camisa para prestar um atendimento digno à população”. Enfatiza ainda esforços para tornar o serviço público no município mais eficiente, a exemplo da instalação da Escola de Gestão Pública e do Programa Qualidade Cidadã, e menciona o reajuste salarial concedido ao funcionalismo.

Azevedo afirma que “não tem sido fácil administrar enfrentando a queda das receitas”, mas acrescenta que “seria pior se esse não fosse um governo que preza pelo rigor na aplicação do dinheiro público”. O gestor destaca iniciativas para reorganizar a prefeitura, reduzindo despesas com a locação de veículos e máquinas e adquirindo equipamentos com recursos próprios. Diz que o governo está procurando “arrumar a casa e limpar o nome da prefeitura”.

Uma ação empreendida pela administração, que Azevedo fez questão de mencionar, foi o convênio de R$ 21 milhões com a Caixa Econômica Federal para renegociar o FGTS, que não era depositado pelos governos anteriores. Cita ainda projetos como o de revitalização da Avenida Amélia Amado, que conta com recursos do Ministério da Integração Nacional, e a construção de casas populares em bairros como o Maria Pinheiro.

“Estamos certos de que 2010, o ano do nosso centenário, será melhor para todos. As condições para isso estão postas e o que nos compete é prosseguir com esforço e o desejo de fazer o melhor por Itabuna”, finaliza o prefeito.

Fechar ruas não pode...


Depois de uma série de reuniões entre representantes do 15º Batalhão da Polícia Militar, do 4º Grupamento do Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Vara da infância e da Juventude, além das secretarias de Transporte e Trânsito e da Indústria, Comércio e Turismo, a Prefeitura de Itabuna suspendeu as autorizações para fechamento de ruas para eventos particulares. A única exceção será para os arraiais juninos nos bairros, no período do São João.

A decisão foi anunciada pelo secretário de Indústria, Comércio e Turismo, Carlos Leahy. Segundo ele, a medida decorre do atendimento a uma série de reclamações de moradores prejudicados por esse tipo de evento. “São eventos em locais inadequados, que modificam o trafego em áreas movimentadas, geram lixo, sujeira e também registram problemas com a violência urbana”.

Ele ressalta ainda que a discussão foi amadurecida de forma consensual, após uma série de encontros com autoridades da área de segurança. Anuncia que na próxima quinta-feira, dia 29, será realizada uma reunião com a PM, Bombeiros, Crea, Guarda Municipal, Settran e do Juizado da Infância e Adolescência, quando será discutida a regulamentação de shows e eventos em ambientes privados.

Pela proposta em estudo, a concessão de alvarás ficará condicionada não apenas recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS), como também às inspeções relativas à segurança para o público e dos demais participantes, com avaliação das condições das instalações, equipamentos e acessos.

Guarda Civil Municipal é uma familia.

No ultimo final de semana, na madrugada de sábado para o domingo por volta das 23:50 h, a GCM Conceição e seu esposo retornando para sua casa, derrapou com sua moto. Ambos, passageiro e condutor foram levados para o hospital de Base por uma unidade móvel do SAMU, logo após o ocorrido, os GCM Góes e GCM Silvio Marques foram ao encontro da guardate.
Segundo o condutor, cônjuge da guardete o Fábio, a derrapagem deu-se pelo excesso de areia na rua, próximo ao bar Senadinho, onde ocorreu o fato.
A Guardete Conceição, teve escoriações leves em seu lado direito do corpo, lesionando também a sua maxila direita, por causa da trava do capacete. O Fábio, professor de dança no Centro de Cultura Adonias Filho, teve escoriações leves e uma torção no tornozelo e joelho direito, desta forma os médicos marcaram para tirar um raio x destas partes.
Os agentes do SETTRAN não foram acionados para o acidente, sendo assim, o veiculo foi retirado do lugar por parentes e levado para a garagem da casa do casal, que fica próximo, no bairro da Conceição.
Amigos, esta corporação é uma família, tenham a certeza que se precisarmos de nossos Inspetores e Subinspetores, Comandante e Subcomandante seremos atendidos. Um grande abraço e melhoras à nossa Guardete Conceição e ao seu esposo o Fábio.

Guarda Civil Municipal qualificando-se...


A Guarda Civil Municipal de Itabuna esta com seu efetivo participando nesta semana de cursos, para aperfeiçoar a forma de atender os municipis.

Aos Guardas Municipais;

Queridos, fico muito feliz em divulgar esta noticia, é prova de que nós não estamos parados no tempo. Estamos em busca do aperfeiçoamento mental e fisico.

Homenagem...

Na ultima terça-feira por volta das 19:00 h, nos deixou o pai do GCM Silvio Almeida. Em respeito ao nosso companheiro, faço esta nota, para reforçar a importância do "espirito de corpo".
Em nossa corporação quando acontece alguma coisa de desagradavel com nossos companheiros, em instantes todos sabem o que aconteceu, porém, quando o assunto é ajudar, consolar, aconselhar, estamos muito a desejar.
Aos Guardas Municipais;
Amigos, vamos dar as mãos ao nosso companheiro. Este momento é delicado, complicado em superar, mas, sempre temos que manter a cabeça no lugar.
Amigo GCM Silvio Almeida, estamos todos comovidos com esta perda em sua vida. Que o Senhor Deus abençoe sua vida e ilumine seus caminhos, sempre.

Guarda com arma não letal?

O Secretário Municipal de Segurança Urbana, Edsom Ortega, realizou a entrega simbólica do primeiro lote de 7.000 espargidores de pimenta para a Guarda Civil Metropolitana. Foram investidos R$ 455 mil, com recursos do PRONASCI e do município. Na solenidade, Ortega reforçou a importância deste tipo de armamento, utilizado por agentes de segurança de todo o mundo, como forma de evitar o uso da arma de fogo em casos onde não exista a necessidade. Todos os GCMs poderão utilizar o armamento não letal, inclusive os que utilizam também as armas de fogo. No entanto, parte do efetivo que atua em locais onde possa ser dispensável o uso de arma de fogo, poderão utilizar somente as armas não letais.
Muitos GCMs que foram afastados de atividades operacionais, por não terem passado no teste prático ou no exame psicológico para uso de armas de fogo, poderão ser reincorporados às atividades operacionais, usando somente as armas não letais, onde este procedimento for recomendado.Segundo o Secretário, a entrega deste material “é uma maneira de aproximar melhor o perfil pessoal do policiamento, do tipo de proteção e de armamento que pode empregar. É claro que terão situações em que um determinado guarda prefira a arma não letal, mas se a guarda precisa e não tem outro para aquela atividade com o perfil que ele tem, ele vai estar sujeito ao uso de arma letal. Se ele estiver enquadrado no perfil daqueles requisitos para o uso desse tipo de armamento”.
Além da entrega simbólica, o Secretario também assinou a Portaria 394/09, publicada hoje (22/9) no Diário Oficial do Município, dando diretrizes ao Comando da GCM quanto ao uso de armas de fogo e armas não letais. O objetivo da portaria é traçar diretrizes que farão com que o Comando da GCM avalie quais os locais em que a arma não letal pode ser empregada em relação à arma letal, em função das atividades que a guarda exerce, sejam em âmbito interno ou em atividades operacionais. “Claro que há situações em que pode ser recomendado o uso de 100% de arma letal, pelas suas características, pelo horário, pelo dia, entre outros fatores. O objetivo aqui é contribuir na redução da letalidade”, diz Ortega.
A portaria também estabelece diretriz em relação aos servidores da corporação que estão readaptados. Caberá à Divisão Técnica de Saúde encaminhar em até 30 dias solicitação da revisão dos laudos de readaptação que necessitem esclarecimentos especializados. Esta análise somente será adotada quando não for possível identificar imediatamente a possibilidade de uso por conta da readaptação, que não necessariamente implica em impedir o GCM de prestar seus serviços, de forma a ampliar a atuação na cidade.
O comandante da GCM, observado o prazo de 15 dias, proporá revisão das normas de regulamentação da concessão de cautela de armas de fogo. Isso permitirá melhor disposição sobre o emprego, cautela e uso das diversas situações em que a GCM deve atuar, analisando as circunstâncias e a conveniência do ponto de vista de segurança.Para o Secretário Ortega, “o cuidado necessário em relação a essa portaria é que não seja encarada como uma forma de retirada das armas da GCM, de que estamos desarmando a guarda. Não é esse o propósito. É usar o armamento adequado para o local e momento adequados.
Temos que utilizar a inteligência para não usar armas de fogo em locais onde ela não é necessária”. Um exemplo citado pelo Secretário é o de atividades administrativas “atividades internas, como na Central de Vídeo Monitoramento, dentro do Centro de Formação ou no prédio da Secretaria, não denotam necessidade de estarem todos com armas de fogo, alguns sim. O Comando da GCM analisará cada caso com critério, observando a diretriz da Portaria”, diz. As secretarias municipais para quem a GCM desenvolve atividades também poderão opinar quanto a conveniência do uso de armas letais ou não letais, inclusive dentro de escolas ou em parques com grande aglomerações.
Os espargidores de pimenta são armas não letais importantes, utilizadas em situações especiais (que exijam algum tipo de contenção) nas atividades da Guarda Civil Metropolitana, evitando o emprego de arma de fogo e buscando também evitar confronto físico. Quase todos os GCM já possuem treinamento para uso deste tipo de armas. Eles são treinados para utilizar o equipamento de maneira restrita, devendo observar normativo próprio e justificar formalmente o seu emprego, se ocorrer.Mesmo assim, nesta quarta-feira (23/9) terá início um curso para formação de 40 instrutores que, junto aos 10 instrutores já formados anteriormente, poderão treinar os GCMs que ingressaram recentemente na corporação, antes de entregar a eles os espargidores.
O treinamento será também aplicado àqueles que receberam treinamento anteriormente, sobretudo aos que atuam em locais de maior probabilidade de uso desta arma.A distribuição deste material não letal e a publicação da portaria que disciplina seu uso não tem nenhuma correlação com fatos ocorridos recentemente no que se refere ao disparo de armas de fogo. A licitação para aquisição e a entrega durou mais de quatro meses para ser concluída, e a portaria aguardava a chegada e a distribuição dos equipamentos para ser publicada.

Guarda Municipal no lugar e hora certa...

Estando de saída do seu posto de serviço, no ultimo final de semana, ficando no ponto de ônibus próximo ao almoxarifado da empresa BUENO. Por volta das 07:30 am, uma moto colidiu com uma camionete S10. Pronto para retirar-se de serviço, vendo o acidente o GCM Silvio Marques que tem o curso Tec. De Enfermagem, saiu de imediato em socorro ao motociclista.
Sendo isolado a área do acidente, (ficando em uma via densa em fluxo de veículos) com os equipamentos do carro envolvido no acidente, foi prestado os primeiros atendimentos ao condutor da moto twister vermelha, de placa de Porto Seguro. Feito primeiro socorro, o motorista da S10 conduziu o motociclista ao Hospital de Base, ficando tudo bem com os envolvidos.

Aos Guardas Municipais;
Os cursos de capacitação técnico ou outrem, por mais que não usemos estes conhecimentos de imediato, um dia usaremos.
Convido a todos a nunca parar de estudar, e ir em busca de conhecimentos técnico e superior, tendo em vista que 25 % do efetivo da Guarda Municipal de Itabuna é composta por Universitários, 85 % por concluintes do ensino médio, a minoria de quase 9 % do ensino fundamental e algo entorno de 15 % dos Guardas esta formado ou em andamento com o curso técnico. Amigos estudar nunca é demais.

Guarda Civil Municipal na Expofenita.

A organização do evento cedendo um espaço para as entidades que trabalham em nossa cidade, a exemplo da Fundação Marimbeta, deixou a Guarda Municipal montar um estande, onde, fica claro o nosso fardamento, e nossa estrutura interna...
Assim, a administração atual dá um salto no assunto credibilidade com todos Guardas Civis Municipais. Desta forma fica bem claro as intenções do Secretário de A
dministração, Comando e Sub-comando, fazendo a Guarda chegar a um patamar nunca sonhado...

Aos Guardas Municipais,
Diante de eminentes ataques ao nosso blog, deixo agora bem claro que nossa itensão
é para somente nós possamos ter um meio mais seguro para expressarmos nossas idéias. Informo ainda que, este blog sofre influências de todos nós, a exemplo de nossos amigos da inspetoria, que pensando em todos, solicitaram fosse colocado um espaço para estudo. Ou seja, aos “mentes pequenas”, cuidado! Aqui temos integridade e idoneidade no que fazemos. Sem distinção, um grande abraço a todos.