Azevedo defende parcerias com o governo e a iniciativa privada em Itabuna

O prefeito Capitão Azevedo elogiou, na última sexta-feira (06), a iniciativa da Associação Comercial e Empresarial de Itabuna, de promover o Fórum Empresarial como espaço de debate de projetos e negócios voltados para o desenvolvimento da cidade e da região. Ele destacou, ainda, a necessidade de ampliar parcerias com o governo do estado e a iniciativa privada para ações voltadas à geração de emprego e renda.

O encontro de sexta-feira contou com a presença do titular da Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial da Bahia, Nilton Cruz, diante de quem o prefeito lamentou o fato de que Itabuna não ter sido incluída na relação dos municípios contemplados em 2009 com projetos daquele órgão estadual. Azevedo disse que governo municipal investe “numa ação proativa, no estímulo ao desenvolvimento, sem diferenciar partidos ou pessoas”. Ele mencionou a parceria firmada entre o município e o empresário Winston Fontes, que cedeu uma área para o acesso do bairro São Roque ao semi-anel rodoviário, permitindo a atração de um investimento de R$ 45 milhões para a construção de mil casas populares dentro do Programa Minha Casa, Minha Vida.

Azevedo destacou ainda, como uma ação acima dos partidos, a doação de um terreno para a base de operações da Bahiagás em Itabuna, onde também será instalado um dos terminais do Gasoduto Sudeste-Nordeste (Gasene). “Acredito que Itabuna virou uma página na fase da disputa meramente política e que travava o nosso crescimento econômico“, frisou.

No encontro com empresários e o presidente da Sudic, Nilton Cruz, o prefeito anunciou a compra de mais uma patrulha mecânica, o que vai permitir ampliar os investimentos em infraestrutura. Ele mencionou o projeto que visa preparar Itabuna para 2010, com a requalificação da Avenida do Cinquentenário, que será transformada na Avenida do Centenário. A avenida terá padronização dos passeios e intervenções na rede elétrica e de telefonia, bem como um moderno sistema de iluminação pública.

O prefeito informou que, em paralelo, o governo vem investindo em obras nos diversos bairros, citando como exemplo a Avenida Pedro Jorge, com sistema de contenção e drenagem, integrando diversos bairros da zona sul da cidade à malha viária. A prefeitura também vem realizando obras no Corbiniano Freire, no Maria Pinheiro, São Roque e Nova Ferradas, atendendo justamente às áreas consideradas críticas e com maior necessidade da presença do governo.

A falta de recursos nos municípios voltou a ser lembrada pelo prefeito. Ele ressaltou que as prefeituras se encontram descapitalizadas, uma vez que ficam apenas com 15% da arrecadação, enquanto a União concentra 60% dos recursos e o Estado 25%, o que limita a possibilidade de investimentos pelos gestores locais. “Isso dificulta, por exemplo, que possamos resolver de imediato o nosso maior problema, que é a questão do abastecimento de água”, comentou.