Cometi de Itabuna tem nova composição para reforçar combate ao trabalho infantil


Os membros da Comissão de Enfrentamento do Trabalho Infantil (Cometi) reuniram-se na Secretaria da Assistência Social (SAS), para estabelecer a nova formação da entidade. Também esteve em pauta a aprovação do regimento interno e a avaliação das ações desenvolvidas, durante 2009, pelo Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti).

Garantindo um amplo processo de participação, a equipe do Peti reestruturou a Cometi para que juntos possam definir objetivos, metas e ações a fim de aprimorar o atendimento às crianças e famílias assistidas pelo programa, conforme informou a diretora do Departamento de Proteção Social Especial, Gilca Moema. Ela ainda ressaltou que a Comissão, cujo caráter é consultivo, propositivo e deliberativo, tem o objetivo de promover políticas públicas protetivas, respeitando os direitos estabelecidos no Estatuto da Criança e Adolescente (Eca).

Na reunião, foram escolhidos os membros titulares e suplentes que representarão as instituições envolvidas e ainda houve a composição da diretoria: Bernizzeth Zorthea (presidente), Cátia Cirlene Pereira (vice-presidente), Maria da Paz Ferreira Gonçalves (secretária), Thiago Oliveira Barreto (secretário adjunto), Maria Aparecida Nascimento Cruz (coordenadora de eventos).

Dados estatísticos do Peti em 2009 apontam mais de 860 crianças atendidas, cerca de 760 famílias assistidas, resultando em aproximadamente 2.280 pessoas beneficiadas indiretamente. Foram acrescidos 16 novos itens na merenda e ampliado de 3 para 11 núcleos em pleno funcionamento. As crianças participam das jornadas ampliadas no período oposto ao da escola regular, recebem alimentação fornecida pelo Restaurante do Povo, fardamento e material didático fornecidos pela Prefeitura de Itabuna, através da SAS.