Obras da barragem no Rio Colônia terão início em 2010

O prefeito de Itabuna, Capitão Azevedo, considerou proveitosa a audiência intermediada pelo deputado estadual Luiz Argôlo (PP) com o secretário de Desenvolvimento Urbano do Estado, Afonso Florence, na última segunda-feira (21). Azevedo destacou que o encontro serviu para confirmar que o projeto de engenharia da barragem no Rio Colônia, em Itapé, estará concluído no mês de janeiro e as obras serão iniciadas ainda no primeiro semestre. Do encontro participaram também o secretário municipal de Desenvolvimento Urbano, Fernando Vita, e o diretor da Divisão de Projetos e Engenharia da Sedur, Marcos Alan Ribeiro de Farias.

Outro aspecto importante, segundo o prefeito Capitão Azevedo, é que o secretário Afonso Florence admite uma cota inferior a 21 metros para o projeto da barragem, o que atende a expectativa de agricultores e moradores da área, que temiam o alagamento de extensas áreas ocupadas pela pecuária e diversas culturas. Na área logística, foi também acertado que os acessos viários contornando as áreas ribeirinhas deverão ter o seu trajeto redefinido para não prejudicar o escoamento da produção e transporte de pessoas, inclusive de estudantes que residem na zona rural.

Capitão Azevedo enfatiza como questão fundamental a alocação de R$ 30 milhões no orçamento do Estado para as obras e a proposta de elaboração de um documento para o Ministério das Cidades, informando sobre o projeto da Companhia de Engenharia Rural da Bahia (Cerb) em fase de conclusão. “Esse foi um compromisso assumido pelo governador Jaques Wagner em Itabuna e que vai nos ajudar a resolver a questão do abastecimento de água, que terá a captação ampliada de 600 para 1 mil litros por segundo”, ressaltou.

O prefeito destacou a importância decisiva do deputado Luiz Argolo nas negociações em torno do projeto junto ao Ministério das Cidades e, agora, com o Governo Estadual, “uma parceria da maior relevância para a população itabunense”. Azevedo afirmou que o município tem cumprido a sua parte e citou os investimentos na construção de uma adutora, ligando o bairro de Ferradas à área central de Itabuna, já concluída, e na ampliação da estação de tratamento do São Lourenço. O sistema de captação em Ferradas está praticamente pronto, dependendo da instalação das bombas para entrar em funcionamento.