domingo, 13 de março de 2011

Olha o que diz a Classificação Brasileira de Ocupações

Queridos leitores do blog e amigos de função, desde o ano de 2002, a CBO (Classificação Brasileira de Ocupações), que foi criada pela Portaria nº 397, de 09 de outubro de 2002, que confere o inciso II do parágrafo único artigo 87 da Constituição Federal Brasileira, foi criada pelo Ministro de Estado do Trabalho e Emprego, o Srº Paulo Jobim Filho.
Tem como principal objetivo, os títulos, códigos e classificações de ocupações, de todo o território brasileiro. Onde visa que, o título de Guarda Municipal deverá ser atualizado para Guarda Civil Municipal ou Metropolitano, com o código 5172-15, tem como descrição e definição:

{¬ Investigam, reprimem e previnem infrações penais contra interesses da nação, como contrabando, tráfico de drogas, crimes fazendários e previdenciários e crimes eleitorais; controlam bens e serviços da união, como emissão de passaportes e controle da estada de estrangeiros no país, controle de entorpecentes etc. Patrulham ostensivamente rodovias federais; mantêm a fluidez e a segurança do trânsito urbano e rodoviário; fiscalizam o cumprimento das leis de trânsito; colaboram com a segurança pública; protegem bens públicos, serviços e instalações.}


Formação e experiência
Requer-se ensino médio completo. Complementam a escolaridade formal com curso profissionalizante de duzentas a quatrocentas horas-aula. O exercício pleno das atividades ocorre após quatro a cinco anos de experiência. A(s) ocupação(ões) elencada(s) nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos, nos termos do artigo 429 da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, exceto os casos previstos no art. 10 do decreto 5.598/2005.

Condições gerais de exercício
Trabalham em entidades públicas de defesa, segurança e trânsito. Os guardas municipais, trabalham como assalariados celetistas, sob supervisão permanente. Os  guardas-civis municipais são estatutários, organizam-se em equipe, sob supervisão ocasional. Trabalham em ambiente fechado, a céu aberto ou em veículos, em horários diurnos e noturnos, em revezamento de turno e em horários irregulares. Estão sujeitos a trabalho sob pressão, levando-os a situação de estresse. Permanecem em pé por longos períodos. Podem ser expostos a materiais tóxicos e ruído intenso. Os guardas municipais podem trabalhar em grandes alturas.    

MANTER A FLUIDEZ E SEGURANÇA DO TRÂNSITO URBANO E RODOVIÁRIO
Monitorar trânsito em unidades móveis;

Interagir em situações emergenciais;

Remover obstáculos da via pública;

Sinalizar obstáculos na via pública;

Criar rotas alternativas para o tráfego;

Solicitar auxílio para desobstrução total da via;

Orientar condutores por meio de gestos e apitos;

Atuar em interseções de vias;

Monitorar trânsito em postos fixos de observações;

Sinalizar existência de obras nas vias públicas;

Elaborar projetos relacionados a sinalização viária;

Prestar informações sobre trânsito;

Solicitar manutenção de vias públicas;

Sincronizar semáforo às condições de trânsito;

Intervir no tráfego em situações de eventos;

Sugerir medidas para melhoria do trânsito;

FISCALIZAR O CUMPRIMENTO DAS LEIS DE TRÂNSITO
Abordar veículos para fiscalização

Analisar documentação do condutor e do veículo

Vistoriar estado de conservação de veículos

Aplicar teste de verificação de ingestão de bebidas alcoólicas

Fiscalizar transporte de produtos perigosos e controlados

Autuar infratores

Vistoriar veículo em processo de remoção

Lacrar veículo para remoção

Documentar processo de remoção de veículo

Participar de bloqueios na via pública para fiscalização

Advertir condutores

Operar equipamentos de controle de velocidade de veículos

Fiscalizar sistema de transportes públicos rodoviários

Fiscalizar serviços de escolta

Apreender veículo

Reter veículo até que seja sanada irregularidade constatada

Fiscalizar dimensões e peso de cargas e veículos

Fiscalizar taxa de emissão de poluentes de veículos
COLABORAR COM SEGURANÇA A PÚBLICA
Promover segurança nas escolas e imediações

Proferir palestras de orientação a sociedade

Fazer rondas ostensivas em áreas determinadas

Deter infratores para a autoridade competente

Abordar pessoas com fundadas suspeitas

Prestar assistência aos transeuntes

Acionar autoridades competentes de acordo com cada ocorrência

Prestar segurança na realização de eventos públicos

Coibir ação dos guardadores de carros

Prestar assistência à população em casos de calamidades públicas

Preservar local do crime
PROTEGER OS BENS PÚBLICOS, SERVIÇOS E INSTALAÇÕES
Proteger próprios municipais

Acompanhar fiscalização dos vendedores ambulantes

Prestar assistência ao cumprimento da legislação municipal

Apoiar recolhimento de moradores de rua aos albergues municipais

Participar nas ações de reintegração de posse de bem municipal

Prestar informações sobre acervo cultural do município.

¬}

Amigos, esta revelação, reforça a idéia que podemos ser desde 2002, entendidos por Guarda Civil Municipal. Sendo assim amigos leitores, informamos aos Guardas de Itabuna, que podemos reforçar nossos esforços, na adequação de nossa função. Uma vez que, nosso edital de ingresso ao servidão, nos confere como Policial Administrativo. 

AVISOS

DESTAQUE

A Secretaria Municipal de Segurança, Transporte e Trânsito –Sesttran – realizou durante o dia de quarta-feira (08) uma operação de fisc...

LINKS ÚTEIS

SERVIDOR

IDENTIFIQUE-SE
Usuário:
Senha: