Prefeitura de Itabuna entra na luta para combater a Mosca Negra

A Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Itabuna, junto com Adab ,Ceplac, e EBDA, dará início, no próximo dia 5, a uma grande ação de combate à Mosca Negra dos Citros, uma praga que ataca e pode até dizimar a produção agrícola de frutas como laranja, banana, manga, maracujá, dentre outros. A praga foi descoberta no ano passado na região Sul da Bahia e preocupa as instituições ligadas à agricultura.
O assunto foi o principal tema de uma reunião na manhã desta sexta-feira (26) na Secretaria de Agricultura de Itabuna, com a participação de técnicos da Ceplac, EBDA e Adab. O encontro foi para traçar metas e planos de combate à praga, numa ação conjunta com todos os órgãos ligados à agricultura.
“Se não tivermos a participação integrada de engenheiros, técnicos e produtores não teremos resultados, o que pode comprometer a vida de centenas de família de pequenos produtores de nossa região”, alertou o secretário Municipal de Agricultura, Marcelino Oliveira.
As ações de combate à Mosca Negra serão feitas com o uso de controle químico cultural num grande mutirão a ser realizado no dia 5, no Associação da Roça do Povo e a partir daí será estendido a todos os assentamentos como Manoel Chinês, Cerrado, Ribeirão Seco e toda zona rural.
Durante o combate à praga, os técnicos também vão aproveitar para alertar aos produtores sobre o grave problema que a região pode sofrer se a mosca negra não for combatida imediatamente e, ao mesmo tempo, orientá-los sobre as formas de controle e o combate à praga.
Os representantes da Prefeitura, Marcelino Oliveira; da EBDA, Wellington Leite; da Ceplac, Edvaldo Pinheiro e da Adab, Catarina de Matos, garantiram disponibilizar o maior numero de técnicos e auxiliares para o grande mutirão, para combater o inseto. “Estamos iniciando uma guerra que só deve parar quando tivermos certeza de que o problema estará sob controle”, garantiu o secretário de Agricultura de Itabuna.
O técnico da Adab, Roberto Costa Lima, que tem experiência no combate à praga, explicou que a Mosca Negra alimenta-se de grandes quantidades de seiva elaborada, concorrendo com a planta pelo alimento produzido, e por isso, pode causar definhamento lento do hospedeiro levando a planta à morte.
“É um inseto pequeno, mas devido à sua alta taxa populacional e à sua disseminação nas frutas e folhas, tem a capacidade de provocar um grande prejuízo às plantas nas quais se instala”.

Fonte: DCS/PMI Texto: Rosi Barreto – Fotos: Pedro Augusto – 26/08/11
Fonte: www.itabuna.ba.gov.br